domingo, 30 de janeiro de 2011

FAZENDA BARRA DO DIA

            

            Esta fazenda, anteriormente denominada Pé de Serra, tinha como atividade principal a pecuária de corte. Há décadas quando comprada pelo atual proprietário, recebeu o nome de Barra do Dia, termo usado antigamente e que significa amanhecer do dia, alvorada.
            Dos seus 1500 hectares de área, 75% está em processo de regularização para tornar-se RPPN (Reserva Particular do Patrimônio da Natureza). Conta com boa estrutura física para hospedar grupos de visitantes: grande área de camping com acesso a banheiros, três cabanas, quatro chalés, um sobrado com oito quartos. Oferece amplo restaurante, um local apropriado para eventos, sala de jogos, piscina com cerca de 25m com água corrente, e cavalgadas.



            Possui várias opções para atividades em contato com a natureza, dentre elas as trilhas. A trilha Cachoeira do Porteira, que recebeu este nome devido existir uma porteira no início da trilha. Seu percurso tem cerca de 500 metros, existe um córrego que forma pequenas piscinas, algumas com aproximadamente quatro metros de profundidade. O acesso à Cachoeira Lydia, de aproximadamente 2,5 km, é uma trilha onde o caminho é bem amplo, com possibilidade de acesso com carro até a metade do percurso. No final está  a Cachoeira, que possui uma piscina natural muito bonita. Neste local existe um paredão rochoso com aproximadamente 15 metros onde se pratica rapel. Este local é o fim do canyon que existe por trás do morro. Além desta, há também as trilhas da Barra, do Mirante e da Ponte.


 
 

            A fazenda recebe praticantes de mountain bike, trekking, e corrida de aventura, pois possui locais adequados e propícios à prática destes esportes, devido às características do relevo, sendo palco de realização de eventos destas modalidades.
            Possui um canyon com percurso e estruturas naturais que favorecem a aplicação de técnicas básicas de cannyonismo.
            Nesta fazenda foi montada a maior tirolesa do centro-oeste, constituída por duas descidas. A primeira com 700 metros de distância e aproximadamente 50 metros de altura. A segunda descida, a cerca de 30 metros do final da primeira, tem 500 metros.




              Há também um mirante com aproximadamente 6 m de altura, próximo ao local da descida da segunda tirolesa, com uma bela vista panorâmica do vale. A visita ao final da tarde é a mais indicada, onde se contempla o pôr-do-sol no fim do vale.
            A fazenda é parceira do IBAMA para soltura de animais silvestres e com risco de extinção. Desenvolveu o Projeto Rota das Árvores, para identificação de espécies raras e comuns da região.
            A sede da fazenda está a cerca de 85 km de distância de Brasília, pela  BR-080, que passa por Brazlândia, considerando-se como marco zero a Rodoviária do Plano Piloto.
            Atualmente o estabelecimento recebe somente grupos. Para informações, veja o link da Fazenda Barra do Dia.

2 comentários:

  1. Esse lugar e demaaais acabei de passar 4 dia lá!!!

    ResponderExcluir
  2. Por favor, nao pare de postar. Seu blog eh excelente!

    ResponderExcluir